Fúria Vermelha (Red Rising #1)
Autor: Pierce Brown
Ano: 2014
Páginas: 468
Editora: Globo Livros
Sinopse: Fúria Vermelha é o primeiro volume da trilogia Red Rising, e revive o romance de ficção científica que critica com inteligência a sociedade atual. Em um futuro não tão distante, o homem já colonizou Marte e vive no planeta em uma sociedade definida por castas. Darrow é um dos jovens que vivem na base dessa pirâmide social, escavando túneis subterrâneos a mando do governo, sem ver a luz do sol. Até o dia que percebe que o mundo em que vive é uma mentira, e decide desvendar o que há por trás daquele sistema opressor. Tomado pela vingança e com a ajuda de rebeldes, Darrow vai para a superfície e se infiltra para descobrir a verdade.

O que achei:

Fúria Vermelha, o primeiro de uma trilogia, conta a história de Darrow. Um vermelho (a posição mais baixa da hierarquia de Marte), sua função no planeta é a de "mergulhador-do-inferno" ou seja, escavar o subsolo, extraindo hélio para torná-lo habitável para os ex habitantes da Terra (já que ela não consegue mais comportar habitantes. Será esse nosso futuro?). Darrow tem 16 anos (não se engane por essa idade PELOAMOR) e casado com Eo. Mesmo vivendo uma vida praticamente miserável, em que os mantimentos era escassos (por ficarem em maior quantidade com as castas poderosas) ele julga ter uma vida "satisfatória". Um "acidente" ocorre e Darrow se vê condenado a morte e sua esposa morta. É salvo por rebeldes que querem destruir os Ouros. Para isso ele recebe um treinamento para ser infiltrado em meio aos inimigos.

O que falar desse livro? Livro com enredo incrível, criativo, verdadeiro, intenso e sangrento. Acredito que a promoção do livro pecou em vendê-lo como um livro jovem, pois apesar da idade dos personagens m, é um livro cru e adulto.

Não só o personagem principal é incrível como aqui temos personagem secundários que de secundários não tem nada e meu deus, a força feminina está presente em uma dose maravilhosa neste primeiro volume. O que foi Mustang? Que personagem maravilhosa.

Quem me conhece sabe como eu dispenso o romance em muitos livros, de como eles podem ter o poder SIM de estragar um livro (não sei vocês, mas odeio quando todos os ideais são deixados de lado por um namorico adolescente) e assim como o MARAVILHOVISK "An ember in the ashes" (Uma chama entre as cinzas), Furia Vermelha mostra que podemos sim ter amor sem fazer que os personagens fiquem aleatórios em frente à sua luta. E que aula de política e luta pelo poder. Dessa vez a comparação a GOT não foi "marqueteira". Destruidor.

Um ponto que eu amei também foi o fato de como este é um livro realista. Com decisões realistas. Gostei de como o personagem se mantém fiel aos seus sentimentos. Fiel às dores, a saudade, as dúvidas, a tudo. Achei lindo. Pena não poder falar de que cena eu me refiro por ser um spoiler.

Só não dou nota máxima para o livro, pois confesso que a primeira metade me deixou confusa. O autor vai jogando tudo na sua cara e você tem que ir pegando e juntando na cabeça. Mas depois que você faz isso tudo explode na sua mente e é tiro atrás de tiro. Que autor incrível (fora ser um gatinho). Espero que, como todos falam, os próximos dois volumes sejam ainda melhores.
Amei.

Leitura c/ @carolthereader

GLOSSÁRIO LISTA DE CLASSES

Ouros: Membros mais nobres da sociedade. Os mais fortes e belos, orgulhosos e vaidosos. Controlam toda a sociedade.
Pratas: Contabilizam e manipulam a moeda e a logística.
Brancos: Controlam a justiça e a filosofia da sociedade. São os pensadores.
Cobres: Também chamados de Centavos, administram a burocracia e o Comitê de Qualidade.
Azuis: São os viajantes e exploradores do universo.
Amarelos: Estudam os medicamentos e as ciências.
Verdes: Desenvolvem a tecnologia.
Violetas: Os criativos. Considerados artistas da sociedade.
Laranjas: Os engenheiros mecânicos. São os mais prestigiados da classe dos trabalhadores.
Cinzas: Também chamados de Latões, garantem a ordem e a hierarquia nas sociedades.
Marrons: Serviçais das tarefas cotidianas.
Obsidianos: Também chamados de Corvos. Elite militar da sociedade, garantem a proteção dos Dourados.
Rosas: São empregados e proporcionadores de prazer da alta sociedade.
Vermelhos: As formigas operárias da sociedade. A capacidade física e mental dos integrantes dessa cor é imensurável.


Sobre o autor
miauuuuuuu
Pierce Brown vive em Los Angeles. Cursou ciências políticas e economia na faculdade e trabalhou como analista de redes sociais em uma startup de tecnologia e nas redes de televisão NBC e ABC, enquanto tentava escrever em seu tempo livre. Fúria Vermelha é seu livro de estreia.

Sobre a edição:

Globo Alt arrasou nessa edição, apesar de ser um livro grande e pesado (o que me atrapalhou de levar no ônibus) ele tem um acabamento lindo. Tem uma capa emborrachada o que torna o livro gostoso de pegar. Lindo.

Nas telinhas:

'Fúria Vermelha' será adaptado para o cinema por Marc Forster, diretor de Guerra mundial Z.

Nota no Skoob

BEIJOS!


Deixe um comentário

terça-feira, 5 de julho de 2016

Resenha: Fúria Vermelha (Red Rising #1) - Pierce Brown

Fúria Vermelha (Red Rising #1)
Autor: Pierce Brown
Ano: 2014
Páginas: 468
Editora: Globo Livros
Sinopse: Fúria Vermelha é o primeiro volume da trilogia Red Rising, e revive o romance de ficção científica que critica com inteligência a sociedade atual. Em um futuro não tão distante, o homem já colonizou Marte e vive no planeta em uma sociedade definida por castas. Darrow é um dos jovens que vivem na base dessa pirâmide social, escavando túneis subterrâneos a mando do governo, sem ver a luz do sol. Até o dia que percebe que o mundo em que vive é uma mentira, e decide desvendar o que há por trás daquele sistema opressor. Tomado pela vingança e com a ajuda de rebeldes, Darrow vai para a superfície e se infiltra para descobrir a verdade.

O que achei:

Fúria Vermelha, o primeiro de uma trilogia, conta a história de Darrow. Um vermelho (a posição mais baixa da hierarquia de Marte), sua função no planeta é a de "mergulhador-do-inferno" ou seja, escavar o subsolo, extraindo hélio para torná-lo habitável para os ex habitantes da Terra (já que ela não consegue mais comportar habitantes. Será esse nosso futuro?). Darrow tem 16 anos (não se engane por essa idade PELOAMOR) e casado com Eo. Mesmo vivendo uma vida praticamente miserável, em que os mantimentos era escassos (por ficarem em maior quantidade com as castas poderosas) ele julga ter uma vida "satisfatória". Um "acidente" ocorre e Darrow se vê condenado a morte e sua esposa morta. É salvo por rebeldes que querem destruir os Ouros. Para isso ele recebe um treinamento para ser infiltrado em meio aos inimigos.

O que falar desse livro? Livro com enredo incrível, criativo, verdadeiro, intenso e sangrento. Acredito que a promoção do livro pecou em vendê-lo como um livro jovem, pois apesar da idade dos personagens m, é um livro cru e adulto.

Não só o personagem principal é incrível como aqui temos personagem secundários que de secundários não tem nada e meu deus, a força feminina está presente em uma dose maravilhosa neste primeiro volume. O que foi Mustang? Que personagem maravilhosa.

Quem me conhece sabe como eu dispenso o romance em muitos livros, de como eles podem ter o poder SIM de estragar um livro (não sei vocês, mas odeio quando todos os ideais são deixados de lado por um namorico adolescente) e assim como o MARAVILHOVISK "An ember in the ashes" (Uma chama entre as cinzas), Furia Vermelha mostra que podemos sim ter amor sem fazer que os personagens fiquem aleatórios em frente à sua luta. E que aula de política e luta pelo poder. Dessa vez a comparação a GOT não foi "marqueteira". Destruidor.

Um ponto que eu amei também foi o fato de como este é um livro realista. Com decisões realistas. Gostei de como o personagem se mantém fiel aos seus sentimentos. Fiel às dores, a saudade, as dúvidas, a tudo. Achei lindo. Pena não poder falar de que cena eu me refiro por ser um spoiler.

Só não dou nota máxima para o livro, pois confesso que a primeira metade me deixou confusa. O autor vai jogando tudo na sua cara e você tem que ir pegando e juntando na cabeça. Mas depois que você faz isso tudo explode na sua mente e é tiro atrás de tiro. Que autor incrível (fora ser um gatinho). Espero que, como todos falam, os próximos dois volumes sejam ainda melhores.
Amei.

Leitura c/ @carolthereader

GLOSSÁRIO LISTA DE CLASSES

Ouros: Membros mais nobres da sociedade. Os mais fortes e belos, orgulhosos e vaidosos. Controlam toda a sociedade.
Pratas: Contabilizam e manipulam a moeda e a logística.
Brancos: Controlam a justiça e a filosofia da sociedade. São os pensadores.
Cobres: Também chamados de Centavos, administram a burocracia e o Comitê de Qualidade.
Azuis: São os viajantes e exploradores do universo.
Amarelos: Estudam os medicamentos e as ciências.
Verdes: Desenvolvem a tecnologia.
Violetas: Os criativos. Considerados artistas da sociedade.
Laranjas: Os engenheiros mecânicos. São os mais prestigiados da classe dos trabalhadores.
Cinzas: Também chamados de Latões, garantem a ordem e a hierarquia nas sociedades.
Marrons: Serviçais das tarefas cotidianas.
Obsidianos: Também chamados de Corvos. Elite militar da sociedade, garantem a proteção dos Dourados.
Rosas: São empregados e proporcionadores de prazer da alta sociedade.
Vermelhos: As formigas operárias da sociedade. A capacidade física e mental dos integrantes dessa cor é imensurável.


Sobre o autor
miauuuuuuu
Pierce Brown vive em Los Angeles. Cursou ciências políticas e economia na faculdade e trabalhou como analista de redes sociais em uma startup de tecnologia e nas redes de televisão NBC e ABC, enquanto tentava escrever em seu tempo livre. Fúria Vermelha é seu livro de estreia.

Sobre a edição:

Globo Alt arrasou nessa edição, apesar de ser um livro grande e pesado (o que me atrapalhou de levar no ônibus) ele tem um acabamento lindo. Tem uma capa emborrachada o que torna o livro gostoso de pegar. Lindo.

Nas telinhas:

'Fúria Vermelha' será adaptado para o cinema por Marc Forster, diretor de Guerra mundial Z.

Nota no Skoob

BEIJOS!