Mar de Rosas (Quarteto de Noivas #02)
Autor: Nora Roberts
Ano: 2014
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Sinopse: Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. 
Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. 
Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. 
Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.




O que achei:


"Para Emma, as flores eram a alma de um casamento. Fossem elegantes ou alegres, elaboradas ou simples, elas eram o romance."

"Mar de Rosas" é o segundo livro da série quarteto de noivas. E meeeeeu deus! Tudo o que já é fofo pode ficar mais ainda.

Neste segundo volume conhecemos Emma. Ela é a decoradora da "Votos". Criada em uma família unida, Emma cresceu ouvindo histórias de amor, então claro é a romântica do grupo! E sonha em encontrar o seu verdadeiro amor.

Confesso que antes do livro eu nunca tinha pensado muito sobre as flores de um casamento. Mas neste é tudo tão "visual". A cada momento que a Emma ia explicando sobre cada detalhe em que as flores seriam usadas eu ficava ainda mais encantada! Deu até vontade de casar (aquelas exageradas). Eu cheguei a ler algumas criticas sobre essas partes que a Emma falava sobre os arranjos, mas eu confesso que não achei exagerado. Sei lá, é o trabalho dela hahah eu gostei de ler as explicações. Eu sou romântica, mas foco só no romance enjoa! Então eu adorei o fato de ter explorado mais (assim como no livro anterior) sobre o amor da protagonista sobre o seu trabalho.

A Emma foi uma personagem que me agradou muito. Na verdade as meninas dessa série me agradam muito. Eu adoro o fato de que, mesmo sendo um livro de romance, as mocinhas são bem "reais". Se divertem, falam de sexo abertamente com as amigas, curtem a baladinha, encontros e levam a sério o seu trabalho. Eu adorava as partes que ela falava do Jack bem conversa de amiga haha. Sobre o desempenho dele e sobre as partes dele que ela gostava. Fisicamente. Não só sobre a luz dos olhos dele afinal né mores? Eu confesso que NUNCA ouvi nem uma das minhas amigas falar sobre esses detalhes ao falar sobre um boy.

Por mais mocinhas assim e menos mocinhas que vivem em função do mocinho o/.


"Nunca tinha feito planos ou promessas. Planos mudam, não é? Promessas são quebradas. Deixar as coisas fluírem era mais honesto. Ficamos juntos apenas uma noite. Estamos vendo no que vai dar. E deixe-me fazer uma ressalva. Mesmo que tenha namorado muitas mulheres, nunca menti para elas ou as tratei de forma desrespeitosa."

Jack é melhor amigo de Del (irmão de uma das meninas, Parker, e que considera todas como irmãs) e que ajudou as meninas na reforma para criar a "Votos". O Jack é muito divertido! Adorei as partes dos e-mails e aquele ar charmoso e safado dele. Na verdade, este segundo livro foi mais safadinho que o primeiro. Mas tudo bem escrito e de bom gosto como sempre. Eu gostei do fato que ele conseguiu passar as inseguranças comuns, o medinho de quando "de repente" tudo fica sério e você não sabe lidar. O estresse do trabalho também e tantas outras coisas. Sobre como o amor não é assim tão simples e de como as vezes nós demoramos para ver o que realmente queremos.


"Jack apreciava linhas e curvas, tanto nas construções quanto nas mulheres. E, na opinião dele, Emma era arquitetonicamente perfeita."

SE eu fosse apontar um defeito nesse livro, se é que é possível, é que a Emma foi um pouco melodramática em um determinado momento no livro. Meio que fez tempestade no copo d'água sabe? Mas que bom que não ficou muito tempo e tudo ficou certinho.

A narrativa é tão gostosa quanto o primeiro, tão apaixonante, tão fofura, tão ai ai ai *suspira*. A Nora Roberts me provou que talento é talento e ela é rainha mesmo mores. Ainda não li todos, mas já considero pakas está virando com certeza uma das minhas series favoritas. 

Ah, e eu simplesmente amo essas séries de romance com "irmão X" em um livro, "irmão y" no outro porque você acaba sabendo sobre como anda o X. Isso está muito matemática eu sei. Mas vocês me entenderam. Fofurex! Adorei ver os bastidores do casamento do casal fofura do primeiro livro. E espero que nos outros isso continue. Quem sabe até role um bebê?

Ok. Quantas vezes eu já falei de fofura nessa resenha? Um milhão se bobear.

"Sabia exatamente que tipo de amor queria, um amor que se infiltra nos ossos, se enraíza no coração e floresce no corpo. Queria um amor que durasse para sempre."

Louca pra saber a história da Laurel e do Del ♥.



Sobre o autor


Nora Roberts (nascida Eleanor Marie Robertson a 10 de Outubro de 1950) é uma escritora norte-americana, autora de best-sellers românticos. Foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame.

Autora de maior destaque da lista de best sellers no New York Times e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor.
Escritora metódica e insaciável, Nora já publicou mais de 160 romances, a maior parte no gênero suspense romântico, traduzidos para 25 idiomas e editados em todo o mundo. Sua alta popularidade como romancista advém do grande talento que possui para sensibilizar o leitor ao escrever narrativas de suspense que também falam sobre turbilhão de emoções que acontecem quando entramos em contato com nossos sentimentos mais profundos, principalmente amor e paixão.

Suas histórias prendem o leitor com temas explícitos e intensos, descritos de forma clara e objetiva, passando uma mensagem curta e rica em detalhes. Os capítulos de seus livros são longos, e poucos, em média apenas 12. As paisagens descritas nos levam a viajar do México aos subúrbios de Washington, com certa suavidade e exatidão que sonhamos acordados, ou temos pesadelos!

Histórias publicadas no início de sua carreira: Negócio de Risco (1986); Alerta da Natureza (1984); A suspeita (1989);
No ano de 1995 a autora editou o primeiro volume da Série Mortal no original Naked in death (Nudez Mortal) sobre o pseudônimo de J.D. Robb, o qual hoje é prestigiado pelo mundo inteiro com mais de 25 volumes (em alguns países o número é menor). Autora Consagrada já vendeu mais de 2 milhões de livros em todos os países publicados.

Sobre a edição

Assim como o primeiro volume da série, Álbum de Casamento, Mar de Rosas tem uma capa super fofa e com o conceito da série: Casamentos. Uma fofura só. A edição é super confortável de ler com uma diagramação ótima.

Nota no Skoob


- Confira a resenha do primeiro volume da série: "Álbum de Casamento".





Beijos!


Deixe um comentário

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Resenha: Mar de Rosas (Quarteto de Noivas #02) - Nora Roberts

Mar de Rosas (Quarteto de Noivas #02)
Autor: Nora Roberts
Ano: 2014
Páginas: 288
Editora: Arqueiro
Sinopse: Emma Grant é a decoradora da Votos, empresa de organização de casamentos que fundou com suas três melhores amigas de infância – Mac, Parker e Laurel. Ela passa os dias cercada de flores, imersa em seu aroma, criando e montando arranjos e buquês. 
Criada em uma família tradicional e muito unida, Emma cresceu ouvindo a história de amor dos pais. Não é de espantar que tenha se tornado uma romântica inveterada, cultivando um sonho desde menina: dançar no jardim, sob a luz do luar, com seu verdadeiro amor. 
Os pais de Jack se separaram quando ele era garoto, e isso lhe causou um trauma muito profundo. Ele se tornou um homem bonito e popular entre as mulheres, porém incapaz de assumir um compromisso. 
Quando Emma e suas três amigas fundaram a Votos, foi Jack, o melhor amigo do irmão de Parker, quem cuidou de toda a reforma para transformar a propriedade no melhor espaço para casamentos do estado.




O que achei:


"Para Emma, as flores eram a alma de um casamento. Fossem elegantes ou alegres, elaboradas ou simples, elas eram o romance."

"Mar de Rosas" é o segundo livro da série quarteto de noivas. E meeeeeu deus! Tudo o que já é fofo pode ficar mais ainda.

Neste segundo volume conhecemos Emma. Ela é a decoradora da "Votos". Criada em uma família unida, Emma cresceu ouvindo histórias de amor, então claro é a romântica do grupo! E sonha em encontrar o seu verdadeiro amor.

Confesso que antes do livro eu nunca tinha pensado muito sobre as flores de um casamento. Mas neste é tudo tão "visual". A cada momento que a Emma ia explicando sobre cada detalhe em que as flores seriam usadas eu ficava ainda mais encantada! Deu até vontade de casar (aquelas exageradas). Eu cheguei a ler algumas criticas sobre essas partes que a Emma falava sobre os arranjos, mas eu confesso que não achei exagerado. Sei lá, é o trabalho dela hahah eu gostei de ler as explicações. Eu sou romântica, mas foco só no romance enjoa! Então eu adorei o fato de ter explorado mais (assim como no livro anterior) sobre o amor da protagonista sobre o seu trabalho.

A Emma foi uma personagem que me agradou muito. Na verdade as meninas dessa série me agradam muito. Eu adoro o fato de que, mesmo sendo um livro de romance, as mocinhas são bem "reais". Se divertem, falam de sexo abertamente com as amigas, curtem a baladinha, encontros e levam a sério o seu trabalho. Eu adorava as partes que ela falava do Jack bem conversa de amiga haha. Sobre o desempenho dele e sobre as partes dele que ela gostava. Fisicamente. Não só sobre a luz dos olhos dele afinal né mores? Eu confesso que NUNCA ouvi nem uma das minhas amigas falar sobre esses detalhes ao falar sobre um boy.

Por mais mocinhas assim e menos mocinhas que vivem em função do mocinho o/.


"Nunca tinha feito planos ou promessas. Planos mudam, não é? Promessas são quebradas. Deixar as coisas fluírem era mais honesto. Ficamos juntos apenas uma noite. Estamos vendo no que vai dar. E deixe-me fazer uma ressalva. Mesmo que tenha namorado muitas mulheres, nunca menti para elas ou as tratei de forma desrespeitosa."

Jack é melhor amigo de Del (irmão de uma das meninas, Parker, e que considera todas como irmãs) e que ajudou as meninas na reforma para criar a "Votos". O Jack é muito divertido! Adorei as partes dos e-mails e aquele ar charmoso e safado dele. Na verdade, este segundo livro foi mais safadinho que o primeiro. Mas tudo bem escrito e de bom gosto como sempre. Eu gostei do fato que ele conseguiu passar as inseguranças comuns, o medinho de quando "de repente" tudo fica sério e você não sabe lidar. O estresse do trabalho também e tantas outras coisas. Sobre como o amor não é assim tão simples e de como as vezes nós demoramos para ver o que realmente queremos.


"Jack apreciava linhas e curvas, tanto nas construções quanto nas mulheres. E, na opinião dele, Emma era arquitetonicamente perfeita."

SE eu fosse apontar um defeito nesse livro, se é que é possível, é que a Emma foi um pouco melodramática em um determinado momento no livro. Meio que fez tempestade no copo d'água sabe? Mas que bom que não ficou muito tempo e tudo ficou certinho.

A narrativa é tão gostosa quanto o primeiro, tão apaixonante, tão fofura, tão ai ai ai *suspira*. A Nora Roberts me provou que talento é talento e ela é rainha mesmo mores. Ainda não li todos, mas já considero pakas está virando com certeza uma das minhas series favoritas. 

Ah, e eu simplesmente amo essas séries de romance com "irmão X" em um livro, "irmão y" no outro porque você acaba sabendo sobre como anda o X. Isso está muito matemática eu sei. Mas vocês me entenderam. Fofurex! Adorei ver os bastidores do casamento do casal fofura do primeiro livro. E espero que nos outros isso continue. Quem sabe até role um bebê?

Ok. Quantas vezes eu já falei de fofura nessa resenha? Um milhão se bobear.

"Sabia exatamente que tipo de amor queria, um amor que se infiltra nos ossos, se enraíza no coração e floresce no corpo. Queria um amor que durasse para sempre."

Louca pra saber a história da Laurel e do Del ♥.



Sobre o autor


Nora Roberts (nascida Eleanor Marie Robertson a 10 de Outubro de 1950) é uma escritora norte-americana, autora de best-sellers românticos. Foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame.

Autora de maior destaque da lista de best sellers no New York Times e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor.
Escritora metódica e insaciável, Nora já publicou mais de 160 romances, a maior parte no gênero suspense romântico, traduzidos para 25 idiomas e editados em todo o mundo. Sua alta popularidade como romancista advém do grande talento que possui para sensibilizar o leitor ao escrever narrativas de suspense que também falam sobre turbilhão de emoções que acontecem quando entramos em contato com nossos sentimentos mais profundos, principalmente amor e paixão.

Suas histórias prendem o leitor com temas explícitos e intensos, descritos de forma clara e objetiva, passando uma mensagem curta e rica em detalhes. Os capítulos de seus livros são longos, e poucos, em média apenas 12. As paisagens descritas nos levam a viajar do México aos subúrbios de Washington, com certa suavidade e exatidão que sonhamos acordados, ou temos pesadelos!

Histórias publicadas no início de sua carreira: Negócio de Risco (1986); Alerta da Natureza (1984); A suspeita (1989);
No ano de 1995 a autora editou o primeiro volume da Série Mortal no original Naked in death (Nudez Mortal) sobre o pseudônimo de J.D. Robb, o qual hoje é prestigiado pelo mundo inteiro com mais de 25 volumes (em alguns países o número é menor). Autora Consagrada já vendeu mais de 2 milhões de livros em todos os países publicados.

Sobre a edição

Assim como o primeiro volume da série, Álbum de Casamento, Mar de Rosas tem uma capa super fofa e com o conceito da série: Casamentos. Uma fofura só. A edição é super confortável de ler com uma diagramação ótima.

Nota no Skoob


- Confira a resenha do primeiro volume da série: "Álbum de Casamento".





Beijos!