Becky Bloom em Hollywood
Autor: Sophie Kinsella
Ano: 2015 
Páginas: 560
Editora: Record
Sinopse: Los Angeles, reduto das celebridades mais famosas do mundo, de estilo de vida enlouquecedor e perdulário, cenário perfeito para que Rebecca Brandon (ex-Bloom) possa realizar suas fantasias mais glamorosas. E é para lá que ela e a família vão quando seu marido Luke é contratado para cuidar da carreira da famosa atriz Sage Seymour - e para Becky isso é um sinal de que ela está destinada a ser produtora de moda da badaladíssima celebridade e, quem sabe, também das maiores estrelas de Hollywood. Mas, assim que chega a LA, Becky descobre que sua rotina não será apenas de luxo e glamour. Alicia, uma rival do passado, também está na cidade. E o pior, é a queridinha das mães da concorridíssima pré-escola de Minnie. E o sonho de cuidar do look de Sage parece mais difícil do que ela imaginava. Até porque Luke vive adiando apresentar as duas. Então, por uma manobra do destino, Becky tem a chance de produzir a arqui-inimiga da atriz, e isso pode trazer alguns probleminhas. Pré-estreias, vestidos de gala, muitos paparazzi à sua volta, aulas de ioga e infinitas compras na Rodeo Drive. Claro que isso não acontecerá sem muitas encrencas e confusões. Será que Becky está mesmo perto de conseguir tudo o que sempre sonhou?

O que achei:

Becky está de volta. E mais louca que nunca!


Quando eu penso que ela não pode mais aprontar nada, eis que ela se muda para Los Angeles, a morada oficial das celebridades mundiais e claro que Becky estaria em seu melhor modo.

Confesso que me decepcionei um pouco com o último volume da série (Mini Becky Bloom) e tinha tido opniões conflitantes sobre a minha decisão de continuar a acompanhar ou não a série. Mas a verdade é que: Sophie Kinsella é Sophie Kinsella.. E a Becky é um daqueles personagens que amamos odiar haha. É mesmo que as vezes sinta vontade de abrir aquela cabecinha e colocar algum juízo... Ah gente! Eu me divirto! Hahaha.

O sétimo livro da série segue mais ou menos o mesmo ritmo dos outros. A Becky tem uma ideia super mega genial (que ela tem certeza que seja sucesso) e que claro acaba afetando não só ela como seus amigos e o seu paciente marido Luke.


Aqui, Becky se muda com Minnie, sua filha, para acompanhar Luke no seu novo empreendimento. Ele é contratado para trabalhar com a estrela de Hollywood Sage Seymour. E claro que Becky já arma um plano na sua mente: Ser uma super badalada produtora de moda de Sage. Afinal, assim que elas se conhecerem ÓBVIO que serão melhores amigas de infância e Sage amará todas as dicas da Becky .

Mas, Becky acaba se metendo em mais uma enrascada quando consegue um emprego com uma grande rival de Sage. E claro, acredita que não é importante falar para Luke. Aí olha! Quando eu leio os livros da Becky eu me pego falando sempre com o livro "Becky sua louca!!!!".


E oh. Essa é a magia da Sophie. Mesmo continuando com o mesmo plot (no caso da Becky) a cada livro, ainda assim ela envolve a gente.

Becky continua engraçada, apesar de querer matar ela por muitas vezes por ser tão ingênua, eu continuo amando a personagem da mesma forma do primeiro livro. Ela é aquele tipo sonhadora que acredita TANTO que tudo vai dar certo tão rápido quanto às suas ideias.. Que você só de ver a situação começa do já sabe que aquilo ali não tem como dar certo, mas claro que a Becky não pensa assim.

Ou melhor, os problemas vão vindo e ela somente os varre para debaixo do tapete. Mas até onde ela poderá fazer isso?


Luke, o marido sempre compreensivo (ou quase), mais uma vez dá uma prova de amor por essa louquinha! Mas será que ele aguentará ainda mais? E uma velha rival do passado volta para assombra-la. Desta vez em pele de cordeiro. 

E confesso, estou curiosa com a próxima "aventura" (enrascada) que ela vai se meter! O final deu dicas que finalmente iremos mergulhar mais fundo na vida de Becky. Mal posso esperar por "Shopaholic To the rescue" (ainda não publicado no Brasil). Mas, confesso que estou com medo depois de ler as resenhas gringas.



Sobre o autor


Sophie Kinsella (nascida Madeleine Wickham, Londres, 12 de dezembro de 1969) é uma escritora britânica. Foi uma ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira e começou uma carreira como escritora. Autora da famosa série Becky Bloom (que virou até filme). Usa o nome de Sophie kinsella para as publicações de livros no estilo Chick lit e o seu nome verdadeiro Madeleine Wickham para livros contemporâneos.

Sobre a edição:

As edições dos livros da Becky (e os da Sophie no geral) sempre são fofissimas!! Mas desta vez a Record se superou! Fez uma edição em capa dura com jacket (que pretendo ter no futuro!!!) e ainda fez a brochura super fofa também! A edição é de um azul clarinho, com umas estrelinhas que brilham. Fofura total!!! A diagramação continua ótima. O livro é bem grande (+ de 500 páginas) mais você nem sente.

Nas telinhas:

Infelizmente só o primeiro livro "Os delírios de consumo de Becky Bloom" virou filme. Apesar de ter um final diferente dos livros (eu acredito que foi para dar sentido a ter só um filme) ele é muito engraçado! Tiveram algumas polêmicas na época pela australiana Isla Fisher ter feito a Becky (já que a Becky é E com MUITO orgulho britânica kkk) e o filme se passar em Nova York. Eu particularmente AMO a escolha. Ela é bem o que eu imagino da Becky.

Nota no Skoob


xX Beijos Xx


Deixe um comentário

segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

Resenha: Becky Bloom em Hollywood - Sophie Kinsella

Becky Bloom em Hollywood
Autor: Sophie Kinsella
Ano: 2015 
Páginas: 560
Editora: Record
Sinopse: Los Angeles, reduto das celebridades mais famosas do mundo, de estilo de vida enlouquecedor e perdulário, cenário perfeito para que Rebecca Brandon (ex-Bloom) possa realizar suas fantasias mais glamorosas. E é para lá que ela e a família vão quando seu marido Luke é contratado para cuidar da carreira da famosa atriz Sage Seymour - e para Becky isso é um sinal de que ela está destinada a ser produtora de moda da badaladíssima celebridade e, quem sabe, também das maiores estrelas de Hollywood. Mas, assim que chega a LA, Becky descobre que sua rotina não será apenas de luxo e glamour. Alicia, uma rival do passado, também está na cidade. E o pior, é a queridinha das mães da concorridíssima pré-escola de Minnie. E o sonho de cuidar do look de Sage parece mais difícil do que ela imaginava. Até porque Luke vive adiando apresentar as duas. Então, por uma manobra do destino, Becky tem a chance de produzir a arqui-inimiga da atriz, e isso pode trazer alguns probleminhas. Pré-estreias, vestidos de gala, muitos paparazzi à sua volta, aulas de ioga e infinitas compras na Rodeo Drive. Claro que isso não acontecerá sem muitas encrencas e confusões. Será que Becky está mesmo perto de conseguir tudo o que sempre sonhou?

O que achei:

Becky está de volta. E mais louca que nunca!


Quando eu penso que ela não pode mais aprontar nada, eis que ela se muda para Los Angeles, a morada oficial das celebridades mundiais e claro que Becky estaria em seu melhor modo.

Confesso que me decepcionei um pouco com o último volume da série (Mini Becky Bloom) e tinha tido opniões conflitantes sobre a minha decisão de continuar a acompanhar ou não a série. Mas a verdade é que: Sophie Kinsella é Sophie Kinsella.. E a Becky é um daqueles personagens que amamos odiar haha. É mesmo que as vezes sinta vontade de abrir aquela cabecinha e colocar algum juízo... Ah gente! Eu me divirto! Hahaha.

O sétimo livro da série segue mais ou menos o mesmo ritmo dos outros. A Becky tem uma ideia super mega genial (que ela tem certeza que seja sucesso) e que claro acaba afetando não só ela como seus amigos e o seu paciente marido Luke.


Aqui, Becky se muda com Minnie, sua filha, para acompanhar Luke no seu novo empreendimento. Ele é contratado para trabalhar com a estrela de Hollywood Sage Seymour. E claro que Becky já arma um plano na sua mente: Ser uma super badalada produtora de moda de Sage. Afinal, assim que elas se conhecerem ÓBVIO que serão melhores amigas de infância e Sage amará todas as dicas da Becky .

Mas, Becky acaba se metendo em mais uma enrascada quando consegue um emprego com uma grande rival de Sage. E claro, acredita que não é importante falar para Luke. Aí olha! Quando eu leio os livros da Becky eu me pego falando sempre com o livro "Becky sua louca!!!!".


E oh. Essa é a magia da Sophie. Mesmo continuando com o mesmo plot (no caso da Becky) a cada livro, ainda assim ela envolve a gente.

Becky continua engraçada, apesar de querer matar ela por muitas vezes por ser tão ingênua, eu continuo amando a personagem da mesma forma do primeiro livro. Ela é aquele tipo sonhadora que acredita TANTO que tudo vai dar certo tão rápido quanto às suas ideias.. Que você só de ver a situação começa do já sabe que aquilo ali não tem como dar certo, mas claro que a Becky não pensa assim.

Ou melhor, os problemas vão vindo e ela somente os varre para debaixo do tapete. Mas até onde ela poderá fazer isso?


Luke, o marido sempre compreensivo (ou quase), mais uma vez dá uma prova de amor por essa louquinha! Mas será que ele aguentará ainda mais? E uma velha rival do passado volta para assombra-la. Desta vez em pele de cordeiro. 

E confesso, estou curiosa com a próxima "aventura" (enrascada) que ela vai se meter! O final deu dicas que finalmente iremos mergulhar mais fundo na vida de Becky. Mal posso esperar por "Shopaholic To the rescue" (ainda não publicado no Brasil). Mas, confesso que estou com medo depois de ler as resenhas gringas.



Sobre o autor


Sophie Kinsella (nascida Madeleine Wickham, Londres, 12 de dezembro de 1969) é uma escritora britânica. Foi uma ex-jornalista de economia, com especialização na área financeira e começou uma carreira como escritora. Autora da famosa série Becky Bloom (que virou até filme). Usa o nome de Sophie kinsella para as publicações de livros no estilo Chick lit e o seu nome verdadeiro Madeleine Wickham para livros contemporâneos.

Sobre a edição:

As edições dos livros da Becky (e os da Sophie no geral) sempre são fofissimas!! Mas desta vez a Record se superou! Fez uma edição em capa dura com jacket (que pretendo ter no futuro!!!) e ainda fez a brochura super fofa também! A edição é de um azul clarinho, com umas estrelinhas que brilham. Fofura total!!! A diagramação continua ótima. O livro é bem grande (+ de 500 páginas) mais você nem sente.

Nas telinhas:

Infelizmente só o primeiro livro "Os delírios de consumo de Becky Bloom" virou filme. Apesar de ter um final diferente dos livros (eu acredito que foi para dar sentido a ter só um filme) ele é muito engraçado! Tiveram algumas polêmicas na época pela australiana Isla Fisher ter feito a Becky (já que a Becky é E com MUITO orgulho britânica kkk) e o filme se passar em Nova York. Eu particularmente AMO a escolha. Ela é bem o que eu imagino da Becky.

Nota no Skoob


xX Beijos Xx