Álbum de Casamento (Quarteto de Noivas #01)
Autor: Nora Roberts
Ano: 2013
Páginas: 279
Editora: Arqueiro
Sinopse: Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes.

O que achei:


“... Dê uma chance a si mesma. O amor assusta e, às vezes, é passageiro. Mas vale a pena correr os riscos e ficar nervosa. Até se machucar vale a pena.”

"Álbum de casamento" é 1° livro do "Quarteto de Noivas".

Não sei vocês, mas eu amo filmes e livros que tenham essa temática. Não sei, algo mágico gira em torno! O amor parece sempre estar no ar. E claro, juntando casamento e a rainha do romance, Nora Roberts, parece ser uma mistura daquelas!

Confesso que eu tinha uma relação "confusa" com a autora. O livro anterior que li, algum da série mortal, eu simplesmente odiei (kkk) e jurei naquele momento nunca mais ler nada da autora. Aquelas BEM dramáticas não é? Mas como a vida é um eterno aprendizado e tentamos sempre melhorar (haha) resolvi dar mais uma chance para a autora E: AMEI!

Neste livro conhecemos Mac, que ainda criança, presenciou vários relacionamentos fracassados e aprendeu com a (terrível) mãe sobre como o "felizes para sempre" não existia. Os pais se separaram e nos raros encontros com o pai ganhou uma câmera fotográfica mesmo não tendo ideia como usá-la.

O carinho que Mac não encontrava em casa, achava ao lado das amigas. Que se juntavam para brincar de casamento. Seja ele com quem for! Árvores, passarinhos, outras amigas haha. Após várias brincadeiras de casamentos de faz de conta com as amigas, como um passe de mágica, com a câmera aprendeu que é possível não garantir o felizes para sempre, mas capturar uma lembrança feliz e fazê-la durar para sempre.


“Ser feliz para sempre talvez fosse conversa fiada, mas ela sabia que queria tirar mais fotos de momentos que fossem felizes. Porque, assim, eles permaneceriam para sempre.”

Já adulta, junto com as amigas, fundou a empresa de casamentos "Votos" e, como fotógrafa, é o seu trabalho registrar os momentos de felicidade dos casais.

Carter é o típico professor universitário de literatura. Do tipo que cita Shakespeare, usa paletó de Tweed e um óculos a tiracolo. Desde a época de escola nutre uma paixãozinha por Mac. E parece que ao vê-la novamente, ao acompanhar a irmã para os preparativos do casamento, a velha atração volta com tudo.

Carter é todo tímido e atrapalhado. O nerd fofo que a gente se apaixona nos filmes! Aí sério! O Carter é tão gracinha, tão fofura com o seu jeitinho desajeitado. Virou um dos meus top mocinhos perfeitos. Gostei do fato dele ser fofo, mas ainda sim ter atitude. E claro, respeitar o espaço da mocinha! Ah como eu amei isso! Mostrou pra mim o quão madura é a linha que a autora segue nesse romance.


“O amor não é um conceito amorfo criado pelos livros e pela poesia e impossível de atingir. É real, vital e necessário.”

Os personagens são muito legais! Bem desenvolvidos e você já consegue conhecer os outros personagens sem que o casal principal perca o brilho! E que ótimas amigas são as meninas da "Votos". Eu simplesmente adoro quando o autor sabe bem dividir as atenções do livro sem que o foco principal se perca. Mostra bem a realidade. Sobre como nem só de amor nós vivemos.

Conhecemos uma Mac que tenta lutar pela sua felicidade. E não só a felicidade amorosa. Há muitos anos vive uma relação abusiva com a mãe. "Mãe" esta que só liga para pedir dinheiro ou então exigir coisas da filha em troca de ameaças dramáticas. E é muito legal ver como isso é trabalhado no decorrer do livro. O crescimento da personagem é muito lindo de se acompanhar. Assim como também a busca dela pela realização profissional. Sobre amar o que você faz. Sobre buscar o porque desse amor quando a vida faz você esquecer.

Ah lindo!

Ler este livro é como comer twix. Doce, delicioso e é impossível querer parar de comer.
Aquele que a gente lê com um sorriso no rosto, sabe?

Aborda não só amor. Ao menos não só um tipo de amor. Tem amor romântico, de amizade, de família (e também que família vai além de laços de sangue), à profissão e amor próprio. 
Amor.

No sentido total da palavra.


"O amor assusta e , às vezes é passageiro. Mas vale a pena correr os riscos e ficar nervosa. Até se machucar vale a pena."

Eu poderia passar um dia inteiro falando sobre como esse livro é especial. Mas eu vou me contentar em apenas pedir para que vocês tenham essa experiencia FOFÍSSIMA de leitura! 

Ah! Livro lido com trilha porque fofura combina com música! Justin Bieber "Believe acústico" no repeat!


Mal posso esperar pelo 2° livro com a história da Emma e seus buquês.


"- Por quê? Por que eu?
- Porque a minha vida se abriu e se encheu de cores quando você entrou nela novamente."



Sobre o autor

Nora Roberts (nascida Eleanor Marie Robertson a 10 de Outubro de 1950) é uma escritora norte-americana, autora de best-sellers românticos. Foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame.

Autora de maior destaque da lista de best sellers no New York Times e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor.
Escritora metódica e insaciável, Nora já publicou mais de 160 romances, a maior parte no gênero suspense romântico, traduzidos para 25 idiomas e editados em todo o mundo. Sua alta popularidade como romancista advém do grande talento que possui para sensibilizar o leitor ao escrever narrativas de suspense que também falam sobre turbilhão de emoções que acontecem quando entramos em contato com nossos sentimentos mais profundos, principalmente amor e paixão.

Suas histórias prendem o leitor com temas explícitos e intensos, descritos de forma clara e objetiva, passando uma mensagem curta e rica em detalhes. Os capítulos de seus livros são longos, e poucos, em média apenas 12. As paisagens descritas nos levam a viajar do México aos subúrbios de Washington, com certa suavidade e exatidão que sonhamos acordados, ou temos pesadelos!

Histórias publicadas no início de sua carreira: Negócio de Risco (1986); Alerta da Natureza (1984); A suspeita (1989);
No ano de 1995 a autora editou o primeiro volume da Série Mortal no original Naked in death (Nudez Mortal) sobre o pseudônimo de J.D. Robb, o qual hoje é prestigiado pelo mundo inteiro com mais de 25 volumes (em alguns países o número é menor). Autora Consagrada já vendeu mais de 2 milhões de livros em todos os países publicados.

Sobre a edição


Todas as capas da série "Quarteto das Noivas" são mega ultra master fofas. A diagramação é bem confortável. O livro é fino, mas com paginas boas. Ah! Corre pra ler vai. 

Nota no Skoob

xX Beijos Xx



Deixe um comentário

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Resenha: Álbum de Casamento (Quarteto de Noivas #01) - Nora Roberts

Álbum de Casamento (Quarteto de Noivas #01)
Autor: Nora Roberts
Ano: 2013
Páginas: 279
Editora: Arqueiro
Sinopse: Quando crianças, as amigas Parker, Emma, Laurel e Mac adoravam fazer casamentos de mentirinha no jardim. E elas pensavam em todos os detalhes. Depois de anos dessa brincadeira, não é de surpreender que tenham fundado a Votos, uma empresa de organização de casamentos bem-sucedida. Mas, apesar de planejar e tornar real o dia perfeito para tantos casais, nenhuma delas teve no amor a mesma sorte que tem nos negócios. Até agora. Com várias capas de revistas de noivas no currículo, a fotógrafa Mac é especialista em captar os momentos de pura felicidade, mesmo que nunca os tenha experimentado em sua vida. Por causa da separação dos pais e de seu difícil relacionamento com eles, Mac não leva muita fé no amor. Por isso não entende o frio na barriga que sente ao reencontrar Carter Maguire, um colega de escola com o qual nunca falara direito. Carter definitivamente não é o seu tipo. Professor de inglês apaixonado pelo que faz, ele cita Shakespeare e usa paletó de tweed. Por causa de uma antiga quedinha por Mac, fica atrapalhado na frente dela, sem saber bem como agir e o que falar. E mesmo assim ela não consegue resistir ao seu charme. Agora Carter está disposto a ganhar o coração de Mac e convencê-la de que ela é capaz de criar suas próprias lembranças felizes.

O que achei:


“... Dê uma chance a si mesma. O amor assusta e, às vezes, é passageiro. Mas vale a pena correr os riscos e ficar nervosa. Até se machucar vale a pena.”

"Álbum de casamento" é 1° livro do "Quarteto de Noivas".

Não sei vocês, mas eu amo filmes e livros que tenham essa temática. Não sei, algo mágico gira em torno! O amor parece sempre estar no ar. E claro, juntando casamento e a rainha do romance, Nora Roberts, parece ser uma mistura daquelas!

Confesso que eu tinha uma relação "confusa" com a autora. O livro anterior que li, algum da série mortal, eu simplesmente odiei (kkk) e jurei naquele momento nunca mais ler nada da autora. Aquelas BEM dramáticas não é? Mas como a vida é um eterno aprendizado e tentamos sempre melhorar (haha) resolvi dar mais uma chance para a autora E: AMEI!

Neste livro conhecemos Mac, que ainda criança, presenciou vários relacionamentos fracassados e aprendeu com a (terrível) mãe sobre como o "felizes para sempre" não existia. Os pais se separaram e nos raros encontros com o pai ganhou uma câmera fotográfica mesmo não tendo ideia como usá-la.

O carinho que Mac não encontrava em casa, achava ao lado das amigas. Que se juntavam para brincar de casamento. Seja ele com quem for! Árvores, passarinhos, outras amigas haha. Após várias brincadeiras de casamentos de faz de conta com as amigas, como um passe de mágica, com a câmera aprendeu que é possível não garantir o felizes para sempre, mas capturar uma lembrança feliz e fazê-la durar para sempre.


“Ser feliz para sempre talvez fosse conversa fiada, mas ela sabia que queria tirar mais fotos de momentos que fossem felizes. Porque, assim, eles permaneceriam para sempre.”

Já adulta, junto com as amigas, fundou a empresa de casamentos "Votos" e, como fotógrafa, é o seu trabalho registrar os momentos de felicidade dos casais.

Carter é o típico professor universitário de literatura. Do tipo que cita Shakespeare, usa paletó de Tweed e um óculos a tiracolo. Desde a época de escola nutre uma paixãozinha por Mac. E parece que ao vê-la novamente, ao acompanhar a irmã para os preparativos do casamento, a velha atração volta com tudo.

Carter é todo tímido e atrapalhado. O nerd fofo que a gente se apaixona nos filmes! Aí sério! O Carter é tão gracinha, tão fofura com o seu jeitinho desajeitado. Virou um dos meus top mocinhos perfeitos. Gostei do fato dele ser fofo, mas ainda sim ter atitude. E claro, respeitar o espaço da mocinha! Ah como eu amei isso! Mostrou pra mim o quão madura é a linha que a autora segue nesse romance.


“O amor não é um conceito amorfo criado pelos livros e pela poesia e impossível de atingir. É real, vital e necessário.”

Os personagens são muito legais! Bem desenvolvidos e você já consegue conhecer os outros personagens sem que o casal principal perca o brilho! E que ótimas amigas são as meninas da "Votos". Eu simplesmente adoro quando o autor sabe bem dividir as atenções do livro sem que o foco principal se perca. Mostra bem a realidade. Sobre como nem só de amor nós vivemos.

Conhecemos uma Mac que tenta lutar pela sua felicidade. E não só a felicidade amorosa. Há muitos anos vive uma relação abusiva com a mãe. "Mãe" esta que só liga para pedir dinheiro ou então exigir coisas da filha em troca de ameaças dramáticas. E é muito legal ver como isso é trabalhado no decorrer do livro. O crescimento da personagem é muito lindo de se acompanhar. Assim como também a busca dela pela realização profissional. Sobre amar o que você faz. Sobre buscar o porque desse amor quando a vida faz você esquecer.

Ah lindo!

Ler este livro é como comer twix. Doce, delicioso e é impossível querer parar de comer.
Aquele que a gente lê com um sorriso no rosto, sabe?

Aborda não só amor. Ao menos não só um tipo de amor. Tem amor romântico, de amizade, de família (e também que família vai além de laços de sangue), à profissão e amor próprio. 
Amor.

No sentido total da palavra.


"O amor assusta e , às vezes é passageiro. Mas vale a pena correr os riscos e ficar nervosa. Até se machucar vale a pena."

Eu poderia passar um dia inteiro falando sobre como esse livro é especial. Mas eu vou me contentar em apenas pedir para que vocês tenham essa experiencia FOFÍSSIMA de leitura! 

Ah! Livro lido com trilha porque fofura combina com música! Justin Bieber "Believe acústico" no repeat!


Mal posso esperar pelo 2° livro com a história da Emma e seus buquês.


"- Por quê? Por que eu?
- Porque a minha vida se abriu e se encheu de cores quando você entrou nela novamente."



Sobre o autor

Nora Roberts (nascida Eleanor Marie Robertson a 10 de Outubro de 1950) é uma escritora norte-americana, autora de best-sellers românticos. Foi a primeira mulher a figurar no Romance Writers of America Hall of Fame.

Autora de maior destaque da lista de best sellers no New York Times e a primeira a ser escolhida para a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, Nora Roberts é considerada uma pintora de palavras que a cada pincelada, dá vida a personagens cheios de energia e vigor.
Escritora metódica e insaciável, Nora já publicou mais de 160 romances, a maior parte no gênero suspense romântico, traduzidos para 25 idiomas e editados em todo o mundo. Sua alta popularidade como romancista advém do grande talento que possui para sensibilizar o leitor ao escrever narrativas de suspense que também falam sobre turbilhão de emoções que acontecem quando entramos em contato com nossos sentimentos mais profundos, principalmente amor e paixão.

Suas histórias prendem o leitor com temas explícitos e intensos, descritos de forma clara e objetiva, passando uma mensagem curta e rica em detalhes. Os capítulos de seus livros são longos, e poucos, em média apenas 12. As paisagens descritas nos levam a viajar do México aos subúrbios de Washington, com certa suavidade e exatidão que sonhamos acordados, ou temos pesadelos!

Histórias publicadas no início de sua carreira: Negócio de Risco (1986); Alerta da Natureza (1984); A suspeita (1989);
No ano de 1995 a autora editou o primeiro volume da Série Mortal no original Naked in death (Nudez Mortal) sobre o pseudônimo de J.D. Robb, o qual hoje é prestigiado pelo mundo inteiro com mais de 25 volumes (em alguns países o número é menor). Autora Consagrada já vendeu mais de 2 milhões de livros em todos os países publicados.

Sobre a edição


Todas as capas da série "Quarteto das Noivas" são mega ultra master fofas. A diagramação é bem confortável. O livro é fino, mas com paginas boas. Ah! Corre pra ler vai. 

Nota no Skoob

xX Beijos Xx