The Duke and I (Bridgertons #1)
Autor: Julia Quinn
Ano: 2006 
Páginas: 384
Editora: Piatkus (ebook)
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

O que achei

Primeiramente, eu pensava que este seria o meu primeiro contato com a autora, mas para a minha surpresa, antes a autora era lançada pela Nova Cultural e eu sou VICIADA em romances de banca desde a criança (haha sim sou estranha). Em uma olhadinha no Skoob vi que já havia lido o "História de um Grande Amor" (inclusive O duque e eu foi lançado também nesse formato. Tá vendo como não é pra ter preconceito com romances de banca? haha). Bom, não lembro muito dele então vou tratar The Duke and I (O duque e eu) como a minha primeira leitura.
O livro foi o sorteado do mês na TBR que eu tenho com as minhas amigas Monique e Danni (de escolha da Danni).


The Duke and I, primeiro volume da serie dos Bridgertons, conta a história da jovem Daphne, uma moça na idade de casar, mas que 
Daff é uma mocinha do tipo que eu amo, forte, engraçada e decidida! 
Simon é um duque marcado pelo desprezo do pai no passado, que não queria saber dele por considera-lo dévio pela sua gagueira na infância. O que fez com que esse se fechasse ao amor e aceitasse a libertinagem como destino da vida. 
Um dia, ao voltar a Londres encontra Anthony Bridgerton, seu amigo da faculdade, que o alerta das mães predadoras que estão loucas para casar as suas filhas. Inclusive a mãe de Anthony é assim, pois está a beira do desespero pelo fato de que após duas temporadas, Daphne não arranjou um casamento e está perto de se tornar uma "solteirona". Simon tem então a ideia de fingir um interesse na jovem para salvar ambos dessa cobrança. Já que assim irá trazer bons pretendentes para ela é deixar ele cumprir a promessa de nunca se casar em paz.
Mas ai ne? Lá vem ele. O danado do AMOR! Hahah. Simon começa a ver que o que sente pela jovem é muito mais do que fingimento. Mas será que as batalhas do passado deixarão ele ser feliz?
Simon é ainda atormentado por um ódio contra o pai que um dia o desprezou e assim tem o desejo de se vingar dele não se casando ou tendo filhos, fazendo assim com que o título de Duque (que era tão estimado pelo pai) se perca.

Meu deus que livro lindo!!! Aqueles que aquecem o coração é que você sente ele vibrar.
Adorei as notinhas da coluna da misteriosa Lady Whistledown no início de cada capitulo haha lembrei de Gossip Girl! Dá vontade de dar uns tapas na cara do Simon no final, mas como todo livro amorzinho, tudo da certo. A leitura é bem rápida, e eu confesso que eu não queria que acabasse então ia regrando a leitura haha. Ate que não deu mais e cá estou eu, 5:38 da manha escrevendo essa resenha! Apaixonada e arrasada que já acabou. 

Aqui no Brasil o livro foi publicado pela editora arqueiro, e eu já quero completar essa coleção para ONTEM! Ai to apaixonada ainda. Quero ler de novo! Recomendado!


Sobre a autora


Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons. É formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas. Foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Writers of America’s Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico.

Sobre a edição


Infelizmente li no kindle. Na edição em inglês LINDA E FOFA lançada por uma editora chamada "Piatkus", que inclusive eu não vou descansar enquanto não conseguir a física. Como eu já tenho outro volume da série e amei TANTO esse, quero completar em português também.

Nota no Skoob




Deixe um comentário

sábado, 17 de outubro de 2015

Resenha: The Duke and I - Julia Quinn

The Duke and I (Bridgertons #1)
Autor: Julia Quinn
Ano: 2006 
Páginas: 384
Editora: Piatkus (ebook)
Sinopse: Simon Basset, o irresistível duque de Hastings, acaba de retornar a Londres depois de seis anos viajando pelo mundo. Rico, bonito e solteiro, ele é um prato cheio para as mães da alta sociedade, que só pensam em arrumar um bom partido para suas filhas. Simon, porém, tem o firme propósito de nunca se casar. Assim, para se livrar das garras dessas mulheres, precisa de um plano infalível. É quando entra em cena Daphne Bridgerton, a irmã mais nova de seu melhor amigo.
Apesar de espirituosa e dona de uma personalidade marcante, todos os homens que se interessam por ela são velhos demais, pouco inteligentes ou destituídos de qualquer tipo de charme. E os que têm potencial para ser bons maridos só a veem como uma boa amiga. A ideia de Simon é fingir que a corteja. Dessa forma, de uma tacada só, ele conseguirá afastar as jovens obcecadas por um marido e atrairá vários pretendentes para Daphne. Afinal, se um duque está interessado nela, a jovem deve ter mais atrativos do que aparenta.
Mas, à medida que a farsa dos dois se desenrola, o sorriso malicioso e os olhos cheios de desejo de Simon tornam cada vez mais difícil para Daphne lembrar que tudo não passa de fingimento. Agora ela precisa fazer o impossível para não se apaixonar por esse conquistador inveterado que tem aversão a tudo o que ela mais quer na vida.

O que achei

Primeiramente, eu pensava que este seria o meu primeiro contato com a autora, mas para a minha surpresa, antes a autora era lançada pela Nova Cultural e eu sou VICIADA em romances de banca desde a criança (haha sim sou estranha). Em uma olhadinha no Skoob vi que já havia lido o "História de um Grande Amor" (inclusive O duque e eu foi lançado também nesse formato. Tá vendo como não é pra ter preconceito com romances de banca? haha). Bom, não lembro muito dele então vou tratar The Duke and I (O duque e eu) como a minha primeira leitura.
O livro foi o sorteado do mês na TBR que eu tenho com as minhas amigas Monique e Danni (de escolha da Danni).


The Duke and I, primeiro volume da serie dos Bridgertons, conta a história da jovem Daphne, uma moça na idade de casar, mas que 
Daff é uma mocinha do tipo que eu amo, forte, engraçada e decidida! 
Simon é um duque marcado pelo desprezo do pai no passado, que não queria saber dele por considera-lo dévio pela sua gagueira na infância. O que fez com que esse se fechasse ao amor e aceitasse a libertinagem como destino da vida. 
Um dia, ao voltar a Londres encontra Anthony Bridgerton, seu amigo da faculdade, que o alerta das mães predadoras que estão loucas para casar as suas filhas. Inclusive a mãe de Anthony é assim, pois está a beira do desespero pelo fato de que após duas temporadas, Daphne não arranjou um casamento e está perto de se tornar uma "solteirona". Simon tem então a ideia de fingir um interesse na jovem para salvar ambos dessa cobrança. Já que assim irá trazer bons pretendentes para ela é deixar ele cumprir a promessa de nunca se casar em paz.
Mas ai ne? Lá vem ele. O danado do AMOR! Hahah. Simon começa a ver que o que sente pela jovem é muito mais do que fingimento. Mas será que as batalhas do passado deixarão ele ser feliz?
Simon é ainda atormentado por um ódio contra o pai que um dia o desprezou e assim tem o desejo de se vingar dele não se casando ou tendo filhos, fazendo assim com que o título de Duque (que era tão estimado pelo pai) se perca.

Meu deus que livro lindo!!! Aqueles que aquecem o coração é que você sente ele vibrar.
Adorei as notinhas da coluna da misteriosa Lady Whistledown no início de cada capitulo haha lembrei de Gossip Girl! Dá vontade de dar uns tapas na cara do Simon no final, mas como todo livro amorzinho, tudo da certo. A leitura é bem rápida, e eu confesso que eu não queria que acabasse então ia regrando a leitura haha. Ate que não deu mais e cá estou eu, 5:38 da manha escrevendo essa resenha! Apaixonada e arrasada que já acabou. 

Aqui no Brasil o livro foi publicado pela editora arqueiro, e eu já quero completar essa coleção para ONTEM! Ai to apaixonada ainda. Quero ler de novo! Recomendado!


Sobre a autora


Julia Quinn começou a trabalhar em seu primeiro romance um mês depois de terminar a faculdade e nunca mais parou de escrever. Seus livros já atingiram a marca de 8 milhões de exemplares vendidos, sendo 3,5 milhões da série Os Bridgertons. É formada pelas universidades Harvard e Radcliffe. Seus livros já entraram na lista de mais vendidos do The New York Times e foram traduzidos para 26 idiomas. Foi a autora mais jovem a entrar para o Romance Writers of America’s Hall of Fame, a Galeria da Fama dos Escritores Românticos dos Estados Unidos, e atualmente mora com a família no Noroeste Pacífico.

Sobre a edição


Infelizmente li no kindle. Na edição em inglês LINDA E FOFA lançada por uma editora chamada "Piatkus", que inclusive eu não vou descansar enquanto não conseguir a física. Como eu já tenho outro volume da série e amei TANTO esse, quero completar em português também.

Nota no Skoob