Boneca de Ossos
Autor: Holly Black
Editora: #Irado
Páginas: 224
Ano: 2014
Sinopse: POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo. Mas, de repente, Poppy conta para os amigos que começou a ter sonhos com a Rainha – e também com o fantasma de uma menininha que não conseguirá descansar enquanto a boneca de ossos não for enterrada no seu túmulo vazio. Então, Poppy, Zach e Alice partem para uma última aventura a fim de ajudar o fantasma da Rainha a encontrar seu descanso eterno.

O que achei: Boneca de Ossos é aquele típico livro que você pensa que vai ser “para crianças” e PAH te joga na parede. A premissa é simples, os personagens são crianças na fase “você não é mais criança/está na hora de crescer” que todos nós odiamos ter passado. Maaaass aí que está. Tudo é tão nostálgico (pelo menos para mim) que foi uma delícia ler... O pai de Zach joga os seus bonecos fora achando que assim fará com que ele “vire adulto” e isso desencadeia um verdadeiro turbilhão de emoções no garoto e as suas ações vão repercutir também nos seus amigos Poppy e Alice. Poppy é uma personagem que é
difícil você gostar, mas com o tempo você entende o que ela está sentindo, de como talvez você agisse assim se estivesse no lugar dela. Alice é a amiga fofa, submissa por várias vezes às vontades da Poppy, mas que você VÊ mudar ali na sua frente e de como nos potes mais simples estão escondidos sentimentos enormes. É difícil abordar as questões específicas do livro sem dar spoiler já que o livro é em si uma grande aventura estilo sessão da tarde (tem coisa maaais gostosa que isso?) e tudo em volta de um grande mistério. Boneca de Ossos é aquele livro com gostinho de infância, que causa aquele sentimento gostoso dentro do peito, aquela coisa que eu confesso não sei DIZER só sentir. Eu passei por isso quando passei a ser aquela “grande para ganhar presente do dia das crianças”, “grande para ganhar brinde nos aniversários”, “grande para brincar com os amiguinhos” e tantos outros “grande para etc”.. A rainha alí é a infância. Simbolizada através de uma
boneca misteriosa, com uma grande história.. Que ao mesmo tempo que conhecemos pela vida inteira, ainda causa medo, ainda é um mistério... Ainda é aquela que está conosco todo o tempo, fala por diversas vezes com a gente, mas preferimos acreditar que não passa de algo irreal para o nosso eu “crescido”. É aquela que colocamos dentro do peito e queremos proteger para sempre da temida VIDA. Enfim, eu recomendo demais esse livro. Para as crianças, mas também para os adultos. Para os pais e para os filhos... Para todo mundo! Uma grata surpresa


Nota no Skoob: 




beeeeijos e até a próxima ;*



Deixe um comentário

sábado, 20 de junho de 2015

Resenha: Boneca de Ossos - Holly Black


Boneca de Ossos
Autor: Holly Black
Editora: #Irado
Páginas: 224
Ano: 2014
Sinopse: POPPY, ZACH E ALICE sempre foram amigos. E desde que se conhecem por gente eles brincam de faz de conta – uma fantasia que se passa num mundo onde existem piratas e ladrões, sereias e guerreiros. Reinando soberana sobre todos esses personagens malucos está a Grande Rainha, uma boneca chinesa feita de ossos que mora em uma cristaleira. Ela costuma jogar uma terrível maldição sobre as pessoas que a contrariam. Só que os três amigos já estão grandinhos, e agora o pai de Zach quer que ele largue o faz de conta e se interesse mais pelo basquete. Como o seu pai o deixa sem escolha, Zach abandona de vez a brincadeira, mas não conta o verdadeiro motivo para as meninas. Parece que a amizade deles acabou mesmo. Mas, de repente, Poppy conta para os amigos que começou a ter sonhos com a Rainha – e também com o fantasma de uma menininha que não conseguirá descansar enquanto a boneca de ossos não for enterrada no seu túmulo vazio. Então, Poppy, Zach e Alice partem para uma última aventura a fim de ajudar o fantasma da Rainha a encontrar seu descanso eterno.

O que achei: Boneca de Ossos é aquele típico livro que você pensa que vai ser “para crianças” e PAH te joga na parede. A premissa é simples, os personagens são crianças na fase “você não é mais criança/está na hora de crescer” que todos nós odiamos ter passado. Maaaass aí que está. Tudo é tão nostálgico (pelo menos para mim) que foi uma delícia ler... O pai de Zach joga os seus bonecos fora achando que assim fará com que ele “vire adulto” e isso desencadeia um verdadeiro turbilhão de emoções no garoto e as suas ações vão repercutir também nos seus amigos Poppy e Alice. Poppy é uma personagem que é
difícil você gostar, mas com o tempo você entende o que ela está sentindo, de como talvez você agisse assim se estivesse no lugar dela. Alice é a amiga fofa, submissa por várias vezes às vontades da Poppy, mas que você VÊ mudar ali na sua frente e de como nos potes mais simples estão escondidos sentimentos enormes. É difícil abordar as questões específicas do livro sem dar spoiler já que o livro é em si uma grande aventura estilo sessão da tarde (tem coisa maaais gostosa que isso?) e tudo em volta de um grande mistério. Boneca de Ossos é aquele livro com gostinho de infância, que causa aquele sentimento gostoso dentro do peito, aquela coisa que eu confesso não sei DIZER só sentir. Eu passei por isso quando passei a ser aquela “grande para ganhar presente do dia das crianças”, “grande para ganhar brinde nos aniversários”, “grande para brincar com os amiguinhos” e tantos outros “grande para etc”.. A rainha alí é a infância. Simbolizada através de uma
boneca misteriosa, com uma grande história.. Que ao mesmo tempo que conhecemos pela vida inteira, ainda causa medo, ainda é um mistério... Ainda é aquela que está conosco todo o tempo, fala por diversas vezes com a gente, mas preferimos acreditar que não passa de algo irreal para o nosso eu “crescido”. É aquela que colocamos dentro do peito e queremos proteger para sempre da temida VIDA. Enfim, eu recomendo demais esse livro. Para as crianças, mas também para os adultos. Para os pais e para os filhos... Para todo mundo! Uma grata surpresa


Nota no Skoob: 




beeeeijos e até a próxima ;*