O Menino do Pijama Listrado
Autora: John Boyne
Editora: Companhia das Letras 
Páginas: 186
Ano: 2007

Sinopse: Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os Judeus. Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. "O Menino do Pijama Listrado" é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.


O que achei: Bem, a resenha de hoje é sobre o livro que originou um dos filmes mais lindos, emocionantes E tocantes que eu já vi na vida! Confesso que mesmo depois que eu consegui por as minhas "mãos" (li pelo ibooks, confesso) nele.. Enrolei demais para finalmente ter coragem de ler... Admito que foi por puro medo meu... Sou dessas que sofre demais com livro *blush* enrolei enrolei enrolei até que um dia finalmente abri e comecei a ler para não parar mais. Sim, pois eu o li de uma só vez (certo que não é um feito tão grande assim já que o ebook é bem pequeno)... Porém, o que mais me fazia não parar de ler não era nem que ele era ótimo... E sim sempre ao terminar um capítulo eu ficava "ok. O proximo vai ser o emocionante..." e assim a mantra sempre continuava... Até que ele terminou e esse momento não chegou. Não vou mentir que eu fiquei tão irritada quando terminei... Nem marquei logo no skoob pois estava com raiva e daria só uma estrelinha. Respirei fundo e fui lá... E dei duas... Pois é isso que ele foi pra mim... Regular. Não poderia dizer péssimo pois estaria mentindo já que ele não é! Tem vários momentos "bonitinhos" que você fica "ah que lindinhos". Pode ser que você esteja lendo isso agora e pensando "meu deus que louca" rs. Não sei também se pelo fato que foi um livro com tanta expectativa (pra mim) que quando não foi o que eu pensava tive essa reação contrária ao que geralmente as pessoas acham... Já que ele tem uma boa média de nota no skoob. Mas é um livro bom de se ler... Só não é um que eu vou correr e comprar mesmo depois de ter lido (como eu tenho feito demais ultimamente :x). Mas é isso gente leiam com a cabeça aberta e deixem a história tocar como for... Com a leitura é assim... Uns se emocionam, outras se apaixonam e outros guardam alguns momentos apenas.

Quotes:


"Você é meu melhor amigo, Shmuel”, disse ele. “Meu melhor amigo para a vida toda"

"Não torne as coisas piores, pensando que dói mais do que você realmente está sentindo."

"A infância é medida por sons, aromas e visões, antes que o tempo obscuro da razão se expanda."


~> O filme: O filme foi lançado em 2008. Com Asa Butterfield interpretando Bruno e Jack Scanlon como Shmuel.
O filme é diferente do livro... Mas é uma lição de vida... De inocência.. Amizade... Lindo lindo e me dá vontade de chorar só de lembrar. :')
Na minha opinião... Esta foi uma das poucas vezes que o filme foi melhor que o livro.. Não que o livro seja ruim... Mais acho que deixa a deseja justamente no tema central da história.. A amizade dos dois.. No filme você se envolve tão... Gente, é tão mágica a relação deles... Tão inocentes... A forma como o Bruno acredita que um dia eles poderão brincar de bola e visitar um a casa do outro... É tão linda.. 
Capa

Sendo iguais...




Bruno e Shmuel se tocam pela primeira vez

















Compre o livro!

Americanas
Submarino
Saraiva


beijos e até ;)




Fifty Shades of Grey
Autora: E. L. James
Editora: The Writer's Coffee Shop 
Páginas: 356
Ano: 2011
Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seu próprios termos...

O que achei: Bem... *respira fundo*. Fifty Shades of Grey foi um livro que eu pensei 1000 vezes se fazia a resenha ou não... Não digo pelos temas abordados (erotismo e BDSM) mais... Bem, deixa eu explicar melhor. O livro foi originado de uma fanfic do universo "Crepúsculo" chamada "Master of the Universe" que a própria autora se utilizando do nickname Snowqueensicedragon publicou entre 2010 e 2011 e eu... Bem, eu era apaixonada pela fanfic! Na época que ela era postada fez o maior sucesso pelos fãs dessas histórias e chegava até mesmo a ser trends topic (os assuntos mais comentados no twitter) quando acontecia os updates. Quando foi anunciado pela Icy que a história viraria livro eu me senti naquele dilema danado... Comprar o livro e ter aquela "fanfic" guardada para todo o sempre? Boicotar por não aceitar que Bella e Edward virem Anastasia e Christian? Durante todos esses meses eu vivi em um dilema. Ler/não ler, comprar/ignorar... Até que. Bem, uma alma sádica (sic) me mandou os livros por e-mail e eu resolvi ler. 
O que posso dizer logo de cara, é: Se alguém já leu a fanfic antes de ler o livro com certeza se sentirá "relendo" a história (fiquei até confusa em como marcar no skoob se como lendo ou relendo) pois a história é absolutamente A MESMA... A Icy (ou E.L James) havia dito que haviam coisas diferentes e bla bla porém a minha impressão é que não. Nem um virgula ou um gemido se quer. Os sentimentos que o livro me despertou foram um pouco menos intensos que os da fanfics pois agora eu já sei o que esperar... Mas para quem nunca leu a fanfic eu sei que será uma boa história para se ler. Christian é um cara com vários "demônios" do passado e que lida (ou acha que está lidando) através da dominância e quando conhece Ana durante uma entrevista, se vê completamente obcecado por ela e tenta levá-la para o seu mundo pois só assim poderão ficar juntos... Já que de acordo com ele: 

"Eu não faço amor, Anastásia, eu fodo. Forte"

Confesso que desde quando li a fanfic essa foi uma das frases que mais me marcou durante toda a história (que é gigante). Outra coisa que também é importante ressaltar é o teor altamente erótico do livro... Então quando forem ler é importante saber disso. Não é uma historinha de amor para pré-adolescente.. É uma história intensa com temas bem pesados como BDSM, abuso de menor e cenas de sexo extremamente detalhadas. Eu não sei bem dizer como que algumas cenas ficarão na versão do livro em português pois algumas editoras tendem a "censurar" algumas coisas (Nova Cultural oi?). Enfim. Classifiquei o livro como quatro estrelas apesar de achar que na verdade ele merecer três por ser um livro "bom" mais não muito bom (como o livro 2 que eu curti muito mais) e essa estrelinha a mais foi pelo saudosismo à fanfic rs. Eu comentei com algumas amigas que ele não é bem aquele livro que você fica "Ai meu deus preciso ir pra casa pra terminar de ler aquele livro" mais quando você está lendo não dá vontade de parar... Quando eu terminei de ler disse "vou esperar uma semana para ler o Fifty Shades darker" mais puts! O Fifty Shades of Grey termina de um jeitinho tãao... Que abri logo em seguida o darker para ver o que acontecia! haha

Curiosidades: A trilogia anda fazendo TANTO sucesso nos Estados Unidos entre as pessoas e celebridades que até mesmo um filme está sendo providenciado! haha eu sinceramente tenho muitos receios quanto a isso... Até por ser uma história bem "forte" e detalhada sexualmente falando... Então terá que ser feito muito cuidadosamente para não virar um pornô trash. Alguns nomes estão sendo sondados e alguns gatos de Hollywood até mesmo se ofereceram para o papel de Christian! Entre eles os que mais se mostraram empolgados foram Ian Somerhalder (Vampire Diaries) e Alexander Skarsgard (True Blood) que disseram que "nasceram para interpretar esse papel" "aonde eu assino?". Para Anastasia foi sondado o nome de Alexis Bledel (Gilmore Girls) e Lilly Collins (Espelho, espelho meu). Ah e claro ha quem sonhe com Kristen Stewart e Robert Pattinson fazendo os personagens inspirados nos personagens deles. O sonho de todos que leram no formato fanfic ein? haha
Como eu sei que Kristen e Robert são um sonho distante.. Eu aposto no Alexander e na Alexis. Veremos no que vai dar esse mingau. Ah! E disk até a Angelina Jolie foi cotada para dirigir (boato) hummm.. 

Ps. A trilogia será lançada no Brasil pela "Intrínseca". Com previsão de lançamento dia 01 de Agosto.

Compre o livro "Cinquenta tons de cinza" (Pré-venda)


Laters, baby :* (te dedico fifty ♥)


sexta-feira, 29 de junho de 2012

Resenha: O Menino do Pijama Listrado - John Boyne


O Menino do Pijama Listrado
Autora: John Boyne
Editora: Companhia das Letras 
Páginas: 186
Ano: 2007

Sinopse: Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os Judeus. Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga. Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel, um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. "O Menino do Pijama Listrado" é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

O que achei: Bem, a resenha de hoje é sobre o livro que originou um dos filmes mais lindos, emocionantes E tocantes que eu já vi na vida! Confesso que mesmo depois que eu consegui por as minhas "mãos" (li pelo ibooks, confesso) nele.. Enrolei demais para finalmente ter coragem de ler... Admito que foi por puro medo meu... Sou dessas que sofre demais com livro *blush* enrolei enrolei enrolei até que um dia finalmente abri e comecei a ler para não parar mais. Sim, pois eu o li de uma só vez (certo que não é um feito tão grande assim já que o ebook é bem pequeno)... Porém, o que mais me fazia não parar de ler não era nem que ele era ótimo... E sim sempre ao terminar um capítulo eu ficava "ok. O proximo vai ser o emocionante..." e assim a mantra sempre continuava... Até que ele terminou e esse momento não chegou. Não vou mentir que eu fiquei tão irritada quando terminei... Nem marquei logo no skoob pois estava com raiva e daria só uma estrelinha. Respirei fundo e fui lá... E dei duas... Pois é isso que ele foi pra mim... Regular. Não poderia dizer péssimo pois estaria mentindo já que ele não é! Tem vários momentos "bonitinhos" que você fica "ah que lindinhos". Pode ser que você esteja lendo isso agora e pensando "meu deus que louca" rs. Não sei também se pelo fato que foi um livro com tanta expectativa (pra mim) que quando não foi o que eu pensava tive essa reação contrária ao que geralmente as pessoas acham... Já que ele tem uma boa média de nota no skoob. Mas é um livro bom de se ler... Só não é um que eu vou correr e comprar mesmo depois de ter lido (como eu tenho feito demais ultimamente :x). Mas é isso gente leiam com a cabeça aberta e deixem a história tocar como for... Com a leitura é assim... Uns se emocionam, outras se apaixonam e outros guardam alguns momentos apenas.

Quotes:


"Você é meu melhor amigo, Shmuel”, disse ele. “Meu melhor amigo para a vida toda"

"Não torne as coisas piores, pensando que dói mais do que você realmente está sentindo."

"A infância é medida por sons, aromas e visões, antes que o tempo obscuro da razão se expanda."


~> O filme: O filme foi lançado em 2008. Com Asa Butterfield interpretando Bruno e Jack Scanlon como Shmuel.
O filme é diferente do livro... Mas é uma lição de vida... De inocência.. Amizade... Lindo lindo e me dá vontade de chorar só de lembrar. :')
Na minha opinião... Esta foi uma das poucas vezes que o filme foi melhor que o livro.. Não que o livro seja ruim... Mais acho que deixa a deseja justamente no tema central da história.. A amizade dos dois.. No filme você se envolve tão... Gente, é tão mágica a relação deles... Tão inocentes... A forma como o Bruno acredita que um dia eles poderão brincar de bola e visitar um a casa do outro... É tão linda.. 
Capa

Sendo iguais...




Bruno e Shmuel se tocam pela primeira vez

















Compre o livro!

Americanas
Submarino
Saraiva


beijos e até ;)

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Resenha: Fifty Shades of Grey - E. L James



Fifty Shades of Grey
Autora: E. L. James
Editora: The Writer's Coffee Shop 
Páginas: 356
Ano: 2011
Sinopse: Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja - mas em seu próprios termos...

O que achei: Bem... *respira fundo*. Fifty Shades of Grey foi um livro que eu pensei 1000 vezes se fazia a resenha ou não... Não digo pelos temas abordados (erotismo e BDSM) mais... Bem, deixa eu explicar melhor. O livro foi originado de uma fanfic do universo "Crepúsculo" chamada "Master of the Universe" que a própria autora se utilizando do nickname Snowqueensicedragon publicou entre 2010 e 2011 e eu... Bem, eu era apaixonada pela fanfic! Na época que ela era postada fez o maior sucesso pelos fãs dessas histórias e chegava até mesmo a ser trends topic (os assuntos mais comentados no twitter) quando acontecia os updates. Quando foi anunciado pela Icy que a história viraria livro eu me senti naquele dilema danado... Comprar o livro e ter aquela "fanfic" guardada para todo o sempre? Boicotar por não aceitar que Bella e Edward virem Anastasia e Christian? Durante todos esses meses eu vivi em um dilema. Ler/não ler, comprar/ignorar... Até que. Bem, uma alma sádica (sic) me mandou os livros por e-mail e eu resolvi ler. 
O que posso dizer logo de cara, é: Se alguém já leu a fanfic antes de ler o livro com certeza se sentirá "relendo" a história (fiquei até confusa em como marcar no skoob se como lendo ou relendo) pois a história é absolutamente A MESMA... A Icy (ou E.L James) havia dito que haviam coisas diferentes e bla bla porém a minha impressão é que não. Nem um virgula ou um gemido se quer. Os sentimentos que o livro me despertou foram um pouco menos intensos que os da fanfics pois agora eu já sei o que esperar... Mas para quem nunca leu a fanfic eu sei que será uma boa história para se ler. Christian é um cara com vários "demônios" do passado e que lida (ou acha que está lidando) através da dominância e quando conhece Ana durante uma entrevista, se vê completamente obcecado por ela e tenta levá-la para o seu mundo pois só assim poderão ficar juntos... Já que de acordo com ele: 

"Eu não faço amor, Anastásia, eu fodo. Forte"

Confesso que desde quando li a fanfic essa foi uma das frases que mais me marcou durante toda a história (que é gigante). Outra coisa que também é importante ressaltar é o teor altamente erótico do livro... Então quando forem ler é importante saber disso. Não é uma historinha de amor para pré-adolescente.. É uma história intensa com temas bem pesados como BDSM, abuso de menor e cenas de sexo extremamente detalhadas. Eu não sei bem dizer como que algumas cenas ficarão na versão do livro em português pois algumas editoras tendem a "censurar" algumas coisas (Nova Cultural oi?). Enfim. Classifiquei o livro como quatro estrelas apesar de achar que na verdade ele merecer três por ser um livro "bom" mais não muito bom (como o livro 2 que eu curti muito mais) e essa estrelinha a mais foi pelo saudosismo à fanfic rs. Eu comentei com algumas amigas que ele não é bem aquele livro que você fica "Ai meu deus preciso ir pra casa pra terminar de ler aquele livro" mais quando você está lendo não dá vontade de parar... Quando eu terminei de ler disse "vou esperar uma semana para ler o Fifty Shades darker" mais puts! O Fifty Shades of Grey termina de um jeitinho tãao... Que abri logo em seguida o darker para ver o que acontecia! haha

Curiosidades: A trilogia anda fazendo TANTO sucesso nos Estados Unidos entre as pessoas e celebridades que até mesmo um filme está sendo providenciado! haha eu sinceramente tenho muitos receios quanto a isso... Até por ser uma história bem "forte" e detalhada sexualmente falando... Então terá que ser feito muito cuidadosamente para não virar um pornô trash. Alguns nomes estão sendo sondados e alguns gatos de Hollywood até mesmo se ofereceram para o papel de Christian! Entre eles os que mais se mostraram empolgados foram Ian Somerhalder (Vampire Diaries) e Alexander Skarsgard (True Blood) que disseram que "nasceram para interpretar esse papel" "aonde eu assino?". Para Anastasia foi sondado o nome de Alexis Bledel (Gilmore Girls) e Lilly Collins (Espelho, espelho meu). Ah e claro ha quem sonhe com Kristen Stewart e Robert Pattinson fazendo os personagens inspirados nos personagens deles. O sonho de todos que leram no formato fanfic ein? haha
Como eu sei que Kristen e Robert são um sonho distante.. Eu aposto no Alexander e na Alexis. Veremos no que vai dar esse mingau. Ah! E disk até a Angelina Jolie foi cotada para dirigir (boato) hummm.. 

Ps. A trilogia será lançada no Brasil pela "Intrínseca". Com previsão de lançamento dia 01 de Agosto.

Compre o livro "Cinquenta tons de cinza" (Pré-venda)


Laters, baby :* (te dedico fifty ♥)